Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Sintese - Módulo 8 - Produção Textual na Educação Escolar

Os objetivos do Módulo é ler, compreender e produzir textos, com autonomia, em diferentes linguagens escrita, gráfica, artística, relacionado-as com a prática educacionais e a documentos oficiais.

- Faça uma Síntese das Produções Textuais abaixo dizendo:

A) O que é ?
B) Quando deve ser utilizado?
C) Quais os quesitos mínimos que devem ser observados?

1 -Memorial
2 -Redação Oficial:Carta pessoal, Ofício de Solicitação e Requerimento
3 -Memorandos
4 -Circulares
5 -Correio Eletrônico
6 -Correspondência Oficial:Atas e Relatórios
7 -Gráficos e Tabelas

53 comentários:

  1. Memorial : Sua construção inclui, dentre outros elementos, o registro de projetos, relatórios, anotações de experiências, resumos de textos, registros de visitas, atividades realizadas, além de ensaios auto-reflexivos, que permitam ao cursista discutir as transformações ocorridas em sua vida a partir dos conhecimentos adquiridos no curso.
    Dístico: registro de um breve pensamento ou poesia que norteia sua visão de mundo.
    Clareza e coerência na produção textual; possibilidade de se contar a história de alguém é escrevendo sua biografia (bio/vida; grafia/escrita = escrever a vida).
    Clareza; A clareza, segundo Ivanildo Amaro (2001), consiste na expressão da idéia de forma que possa ser rapidamente compreendida pelo leitor.
    Não podemos estabelecer um paralelo exato entre a fala e a escrita. Há pessoas que são prolixas na expressão oral, outras são de poucas palavras. Mas isso não quer dizer que elas se comportarão do mesmo modo ao redigir. Muitas vezes, pessoas falantes são concisas ao redigir e vice-versa. O ato de redigir ou o momento em que o autor cria o texto é solitário. É uma situação de escolha e síntese de palavras, normalmente muito menos espontânea do que a fala. Escrever pressupõe também um trabalho lento de aprendizagem e de consciência de elaboração do texto. É um processo conciso por sua própria natureza.
    Liberdade de expressão
    Redação Oficial é a forma pela qual o Poder Público redige normas, atos e comunicações. Caracteriza-se pelo uso da norma culta da linguagem, pela formalidade, clareza e concisão.
    A revisão atenta exige, necessariamente, tempo. A pressa com que são elaboradas certas comunicações quase sempre compromete sua clareza. Não se deve proceder à redação de um texto que não seja seguida por sua revisão. “Não há assuntos urgentes, há assuntos atrasados”, diz a máxima. Evite-se, pois, o atraso, com sua indesejável repercussão no redigir.

    ResponderExcluir
  2. Memorial
    ProFuncionário

    Curso Técnico de Formação para
    Os Funcionários da Educação

    Curso Técnico em Alimentação Escolar
    Tutora Luíza Fátima

    Agradecimentos
    Agradeço ao meu Deus por esta oportunidade
    Aos meus pais e aos meus irmãos
    Ao meu querido esposo que sempre me incentivou
    As minhas lindas filhas que sempre me animaram
    A secretaria de educação
    A prefeitura municipal e a todos que me ajudaram.
    Considerações Finais

    Minhas considerações finais vão para as pessoas que com muita alegria e satisfação me ajudaram e auxiliaram nos momentos que mais precisei.
    Em primeiro lugar a minha tutora Luíza com ela tenho aprendido muito, ao professor Osvaldo, professor Cezar, também vai para prof. Vera que sempre me auxiliou, a diretora da Creche que nos momentos que precisei me ajudou com o horário de trabalho, a todos os funcionários do Cefapro, as minhas colegas do meu grupo e demais colegas de curso também não poderei esquecer de cada autor dos nossos livros.

    Comentários 1

    A escola deve constituir uma identidade. Os professores e os funcionários tem de elaborar sua proposta pedagógica, respondendo aos desafios e aos apelos da realidade. Assim nasce um poder escolar resistente a desmandos políticos, a limitações financeiras e a pressões de forças corporativas.
    É a educação que valoriza a participação, de todos os atores: professores, funcionários, alunos , pais mães e outros responsáveis.
    Cada funcionário tem o seu valor dentro das escolas é importante que todos cumpram com o seu papel mostrando para os alunos a sua dedicação e carinho pelo o que realiza dentro da escola somos previlegiados em fazer parte dessa tarefa tão importante o de educar.

    2
    A sociedade brasileira vive processos rápidos de mudanças, e as escolas cada vez mais têm de acompanhar, participar e formar cidadãos para lidarem com mudanças, continuidades e rupturas. De nós todos que trabalhamos dentro de instituições escolares, exigem-se novas maneiras de atuarmos como profissionais da educação e, nesta tarefa, sermos educadores e gestores num palco em que tudo acontece muito rápido, a escola.
    Os funcionários das escolas necessitam de formação profissional, os trabalhadores da educação estão sempre em formação para melhor atender os alunos, temos a oportunidades de melhorar os nossos conhecimentos através de cursos profissionalizantes que são oferecidos pelo estado e município.
    3
    Neste módulo trabalhamos sobre valores, práticas culturais e educação, são conceitos, modo de agir das pessoas e pode ser cultural ou social são diferenciados de pessoa para pessoa e através dele cada um expressa seus sentimentos, suas críticas,sua forma de ser e ver o mundo.
    Atualmente percebemos mudanças em todos os sentidos, nas famílias na economia, na política, na religião, no trabalho e como as escolas não poderiam ficar de fora destas mudanças passaram a ter funções muito importantes, não mais somente ensinar a ler e escrever, mas como profissionais da educação, também desenvolver uma prática voltada para o respeito, os valores culturais e sociais.
    Nesta unidade aprendemos muito sobre o devir humano isto quer dizer as mudanças que acontecem em nossa pode ser entendida num sentido bem amplo como o conjunto de práticas pelas quais os homens agem sobre e transformam o que está na natureza.
    A escola, é o espaço da diversidade, pois reúne homens e mulheres, crianças e adultos, negros e brancos, alunos, professores e funcionários tem o papel de valorizar e respeitar as culturas com e pelas quais diferentes pessoas e grupos sociais se fazem, chamam-se e sentem-se humanos.
    Para ensinar valores na escola podem ser utilizados e aproveitados todos os espaços onde há interação entre pessoas que expressam suas vivências, valores, costumes, gostos, modo de falar e vestir, enfim as diferenças entre elas. E assim podemos tanto ensinar como aprender com os outros.

    ResponderExcluir
  3. 4
    Este módulo fala sobre a importância do conhecimento da psicologia para os educadores de escolas públicas.A ciência é um produto social e cultural, e a psicologia, assim como a ciência, se constitui sob a influência dos movimentos históricos, a psicologia também foi influenciada por todo o processo de mudanças da sociedade.
    A psicologia é a ciência que estuda o ser humano concreto em todas as suas expressões, a partir das relações sociais, das vivências individuais e da constituição biológica.
    As relações entre o homem e o meio em que ele vive estão sempre se enriquecendo pelo fato de o meio não ser constante, ao transformar suas condições de vida, o homem transforma-se a si próprio.A psicologia na educação é importante porque todos precisam de certa forma, então ela ajuda os alunos e também os professores a entender certos comportamentos, esse conhecimento, ainda que superficial, será útil na compreensão de certos quadros muito comuns no dia-a-dia como ansiedade, depressão, irritabilidade e atitudes comportamentais dos alunos.
    A relação entre o educador e o aluno deve ser de interação, A motivação tem a ver com o motivo pelo qual alguma coisa me leva a agir em direção a ele com o fim de obter alguma satisfação, a gestão democrática parte da idéia de uma escola para todos, onde realmente sejam possíveis o acesso e a permanência do aluno, assim como garantir a qualidade na educação, as atividades valorizadas são as de cooperação em vez da competição.

    5
    Este módulo trata da compreensão das relações entre sociedade, educação e o mundo do trabalho ele passa por um processo de transformações muito rápidas e essas mudanças também afetam a forma como o homem produz os bens necessários à sua sobrevivência. A educação pode ajudar na construção de uma sociedade mais fraterna e corporativa, onde as soluções para os problemas sociais do nosso país sejam encontradas de forma coletiva e visando o atendimento a todos. A sociologia tem como preocupação estudar a vida social, a escola pode desempenhar um importante papel na construção dessa nova sociedade, seja mostrando como são produzidas as injustiças sociais, seja estabelecendo relações democráticas no ambiente escolar, seja formando intelectuais orgânicos que vão trabalhar por transformações sociais radicais.

    6
    Neste módulo nos fala sobre a administração ou gestão da escola: as principais concepções e abordagens, tomando-a como um campo de disputa de projetos, cujos desdobramentos implicam formas de organização e gestão das escolas e a efetivação da educação como um direito social. Ela busca analisar a gestão da educação e da escola por meio da compreensão da estrutura escolar no Brasil e dos contornos legais de seu funcionamento, que revelam conceitos, concepções e significados.
    A ação pedagógica que se realiza na escola por meio do trabalho docente e não-docente pretende ressaltar a necessidade da efetiva participação dos trabalhadores da educação na construção da gestão democrática na escola e na garantia da educação como um direito social.
    Gestão escolar forma de organizar o trabalho pedagógico, que implica visibilidade de objetivos e metas dentro da instituição escolar, diz respeito a todos os aspectos da gestão colegiada e participativa da escola e na democratização da tomada de decisões.

    ResponderExcluir
  4. PRATIQUES MÓDULO 1
    Pratiques pág. 74, 75
    Depois de pesquisar no Censo Escolar do INEP o número de matrículas da Educação Especial Inclusiva e Especializada, procure visitar em sua cidade dois tipos de instituição: uma escola inclusiva pública e uma escola especializada privada. Entreviste seus dirigentes e os funcionários que nela trabalham para verificar as especificidades de sua tarefa.
    R: Em nosso Município só tem uma escola pública e estão matriculados 510 alunos.

    Você acha que será possível aprender e se profissionalizar por meio deste curso, que é de educação à distância? Por quê? Como?
    R. Com certeza, aprender é um processo individual: afinal, cada pessoa tem ritmo próprio, adota mecanismos que melhor favoreçam sua aprendizagem. Enfim, estabelece um caminho muito particular para seguir. E esse caminho é respeitado principalmente quando se estuda a distância

    MÓDULO 2
    Pratiques pág. 63, 82, 99

    1)Quais indústria fabrica laticínios, frigoríficos, hotéis, supermercados estão instalados em sua cidade?

    R:Essas atividades torna – se inviável de ser realizada devido ser um município pequeno, não atendendo o que é solicitado. Tem 2 supermercados, duas mercearias, 3 farmácias, 1 magazine, 1 posto de gasolina, 2 lojas materiais de construção, 1 casa veterinária, 2 hotéis, 3 restaurante, uma pizzaria, um comércio de compra e venda de produtos agrícolas
    .
    2) Faça uma entrevista com um funcionário de outra escola sobre Educação e Trabalho. Antes, junto com seu tutor, elabore algumas questões.
    R: Mais do que nunca o bom desempenho, em qualquer profissão, requer um crescente grau de conhecimento, não apenas específico, mas também geral e diversificado. Nessa linha, o estágio -- ou seja, a teoria acadêmica aliada à prática profissional tem reconhecido papel não apenas de fomentador do aprendizado contínuo, mas também com a mais eficiente ferramenta para a inserção do jovem no mercado de trabalho. Segundo a opinião de Sueli Martineli, pedagoga.

    3) Faça ou proponha uma reunião na sua escola para discutir como andam os direitos sociais no seu bairro e no seu município. Comece pelos direitos das mulheres, das crianças, dos adolescentes e dos idosos. Quais os direitos não são cumpridos? E por quê?
    R. No nosso Município de Sta. Rita do Trivelato os direitos sociais, direitos de as mulheres das crianças dos adolescente e idoso, raramente são discutido, ainda a muito desrespeito, como grupo citado a cima.
    As mulheres sofrem com a violência em casa, são espancadas, humilhadas e não denunciam essas praticas. As crianças e adolescentes também não têm os direitos cumpridos, tais como freqüentar a escola e quando freqüentam raramente fazem acompanhamento. Porém tem assistente social, e o Conselho Tutelar.

    Organize junto como o conselho escolar de sua escola um debate sobre como acontecem os processos de privatização da escola pública. Se no seu município tiver nalguma universidade ou faculdade, convide um professor e um funcionário de sua escola juntos discutirem o tema, e /ou participe de uma reunião do conselho escolar. Registre no memorial as principais questões discutidas no conselho. |Em seguida escreva sobre a maneira de participação dos funcionários nesse conselho escolar.
    R;O Conselho Escolar será convocado para uma reunião, discutindo e delegando responsabilidade para o grupo de funcionários, visando melhoria na educação e da própria escola.

    ResponderExcluir
  5. MÓDULO 3
    Pratique pág. 60
    Faça um exercício. Convide alguns alunos para passar meia hora junto com você no seu espaço de trabalho (na cozinha, no pátio, no banheiro, na secretaria) e procure explicar a eles o que você faz, por que e para que está fazendo. Diga a eles, também, qual a relação e a importância do seu trabalho na educação deles. E, é claro, deixe-os perguntar e dizer o que pensam também. Depois, relate a experiência por escrito, compare-a com os resultados da atividade anterior, sobre o significado do seu trabalho.
    R: A importância do meu trabalho na educação deles e transmitir ao conhecimento deles a importância dos alimentos e fazer com que entendam que para ter uma boa saúde é necessário que tenha uma boa alimentação para que dessa forma eles venham ser uma criança saudável.

    MÓDULO 4
    Pratiques pág. 14,19,23,25,28,31,33,45,50,51,64,72,74,78,78,81.

    Reflita sobre o que você acha que é a psicologia. Tente pensar como você responderia a esta pergunta. Você pode conversar com alguém que já estudou psicologia, pode procurar no dicionário ou apenas pensar naquilo que você acha.
    Em linhas gerais a Psicologia é uma ciência que visa compreender as emoções, a forma de pensar e o comportamento do ser humano. Embora existam diversas áreas e linhas de atuação, a Psicologia busca o conhecimento e o desenvolvimento humano individualmente ou em grupo.
    Você já respondeu a algum teste de psicologia?
    R: Não.
    Procure saber com os professores na sua escola se eles aplicam algum tipo de teste em seus alunos.
    R: Em vários momentos na sala de aula, recorremos ao conhecimento psicologia, com intuito de tentar compreender os comportamentos, atitudes e pensamentos dos nossos educando.
    Em muitos momentos, nos comparamos com os nossos educando e concluímos que fomos e somos semelhantes a eles, tornando difícil ou inviável, cobrar deles uma coisa que EU não quero ou não gosto.

    Pergunte, também, o que eles acham dos testes e se eles realmente medem aquilo que se propõem a medir.
    R. No processo da aprendizagem, o prazer tem que fazer presente, ninguém consegue ser feliz vendendo um produto que não gosta, ou não acredita.
    Mais do que nunca a psicologia precisa se fazer presente em nossa rotina. Estimular para que possamos estar na mesma linha do desejo (aprendizado), interligar, pensar, possibilidades diferentes, sentir, presenciar as diferenças no meio social, agir, saber a diferença na sociedade que sou envolvido,

    ResponderExcluir
  6. Faça um exercício de memória. Tente lembrar do que você leu até aqui e escreva, com suas palavras, o que achou mais importante.
    R: A psicologia na educação é muito importante porque todos precisam de certa forma dela, então ela ajuda os alunos e também os professores entender certos comportamentos. Esse conhecimento ainda que superficialmente de certos quadros muito comuns como o da ansiedade, depressão, irritabilidade e atitudes de comportamento dos alunos. E também contribui de formas de proceder em relação ao ensino e ao aprender.
    A palavra psicologia vem do latim psyché, que quer dizer alma e, de logos que quer dizer razão. Surge da influência de outras disciplinas científicas, na busca de responder questionamentos sobre a existência humana. Estudo da mente, comportamento.

    Como você trabalha na escola? Quais as tarefas que você desenvolve no seu dia-a-dia?R: Da melhor forma possível. Trabalho na cozinha sou merendeira tento fazer de tudo um pouco ensinando as crianças o bom hábito de se alimentar bem explicando o pouco que sei sobre os alimentos e o que ela pode proporcionar a saúde.

    A psicologia poderia lhe ajudar a realizar essas tarefa de outro modo?
    R: Mais do que nunca a psicologia precisa se fazer presente em nossa rotina, em muitos momentos só nos condena e compromete, ao colocar os alunos iguais, pois são diferentes.

    Os ensinamentos da psicologia poderiam lhe ajudar a ser mais feliz no seu cotidiano?
    R: Com toda certeza, a psicologia e a educação como sendo de complementaridade, de construção, para avançar no entendimento, compreender as atitudes adversas que a criança tem no ambiente escolar.

    Fez sentido pensar em aspectos do desenvolvimento dos alunos? E quanto ao seu próprio desenvolvimento?
    O importante é considerar a relação entre a psicologia e a educação como sendo de complementaridade, de construção, para avançar no entendimento desses dois campos do conhecimento.

    Antes de prosseguir, pense um pouco sobre essa relação entre desenvolvimento e aprendizagem. Como você acha que eles se relacionam, ou não se relacionam?
    R: Só pode haver aprendizado quando o desenvolvimento chega ao ponto mínimo, o qual torna possível o aprendizado, isto é, o desenvolvimento precede o aprendizado. Em outras palavras, para aprender alguma coisa, a pessoa tem de ter desenvolvido algumas condições anteriormente.

    Você pode pensar em outros exemplos que possam ilustrar os dois níveis de desenvolvimento?
    R: Calçar o tênis o desenvolvimento real, mas precisamos ensinar a amarrá-los este é o desenvolvimento potencial.

    ResponderExcluir
  7. Sugestão de atividade. Peça a quatro professores que responda, por escrito, em dez linhas, no Maximo, à seguinte pergunta: O que você entende por aprendizagem e desenvolvimento? Cole ou transcreva as respostas no memorial e faça o seu comentário, aplicando um pouco do que você aprendeu até aqui.
    R: Aprendizagem à busca constante pelo saber, pelos novos conhecimentos, porém não precisa ser acumulado e sim socializado nas relações diárias, fato que contribui para aumentar o campo.
    Para aprender é necessário que o aluno esteja realmente preparado. Portanto, torna necessário conhecer profundamente nossos alunos, e acompanhá-los para que possamos entender o seu desenvolvimento: social, psíquico, e emocional, uma vez que ambos interem na aprendizagem. Em muitos casos os estímulos colaboram com a aprendizagem, principalmente quando trabalhamos temas que fazem parte da sua rotina. Cabe a nós educadores refletir sobre: o que eu quero, espero com meu aluno?
    E o que ele espera de mim?

    A partir do momento que nos articulamos de confiança e fidelidade, ocorre avanços inesperados na aprendizagem.
    Acreditamos e respeitamos as diferenças na aprendizagem dos educando, porém as diferenças não podem ser vista com indiferença, e sim respeitada e valorizada na sua complexidade.
    Reconhecemos que diversos fatores influenciam no desenvolvimento da aprendizagem dos nossos alunos, e os mesmos, precisam ser avaliados e reconhecidos por mais que em muitos casos elas não apresentam fisicamente, mas fazem parte da rotina diária de cada um.
    Cabe a nós, dentro do possível estimular para que as limitações apresentadas sejam superadas e desenvolvidas.
    Acreditar que a única semelhança que temos, é que somos diferentes.

    ResponderExcluir
  8. Você acompanhou alguma criança de perto (filho, sobrinho, etc.) durante o seu desenvolvimento? Tente lembrar a história do desenvolvimento dela. Relembre fatos, reveja fotos, converse com outras pessoas que conviveram com eles também. Compare com a descrição feita por Wallon desses períodos. Será que você concorda com a maneira como eles foram descritos? Com certeza você vai poder acrescentar mais detalhes a cada um desses períodos. Escreva e cole fotos ou gravuras de revistas para ilustrar seu memorial.
    R: Sim, sou mãe de duas filhas, primeiro nascem completamente indefesos, se expressam através do choro, depois dão risadas, e fazem pequenos gestos. Depois aprendem o equilíbrio físico, sentar, engatinhar, andar, falar e cada dia que passa surgem novas experiências e curiosidades na vida deles eu concordo com a descrição feita pelos teóricos realmente a idade entre três e cinco anos geram muitos confrontos é nesse período que devemos dar muita atenção pois pensam que são donos de tudo, nessa minha vida tenho ganhado muita experiência em relação a crianças realmente eles nos surpreendem a cada dia.

    Então, o que você havia respondido? Suas respostas são parecidas com essas?
    R: Sim, porque são assuntos que tem a mesma opinião. O que somos é uma unidade do que se atualiza a cada momento, delineando o que vamos ser. É quase dizer que o futuro é hoje, pois ele está sempre sendo e deixado de ser. Pode ser jogo de palavras, mas não é.

    Compare as suas respostas com as dessas professoras e registre suas respostas no memorial.
    R: Educar alunos capazes de conviver, comunicar e dialogar num mundo interativo, dentro da perspectiva onde os alunos reconhecem a interdependência dos processos individuais e dos processos coletivos.

    ResponderExcluir
  9. Agora vamos passar a analisar o que os teóricos da psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem dizem dessa relação.
    R: A TEORIA DE PIAGET: Na sua proposta teórica, o desenvolvimento cognitivo é explicar do numa sucessão dos seguintes estágios: sensório-motor ( 0 a 2 anos): pré-operacional (2 a 6 anos); operações concretas ( 7 a anos); operações formais ( 12 anos em diante). Essas idades atribuídas aos estágios não são rígidas, podendo haver grande variação individual. A TEORIA DE WALLON: segundo ele a criança e o adulto formam uma unidade indissolúvel. Isso porque o desenvolvimento da criança se dá em direção à vida adulta. É preciso ver a pessoa em uma perspectiva que contemple o passado, o presente e o futuro.

    O que você estava fazendo há cinco anos? Com certeza não imaginaria que estaria fazendo este curso, certo? Faça um retrospectivo da sua vida e coloque no seu memorial alguns acontecimentos mais marcantes que podem mostrar o tanto que você vem mudando na sua vida. Ilustre com fotos suas ou recortes de revista.
    R: A cinco anos atrás me recordo que trabalhava numa loja de materiais para construção de serviços gerais então saiu o concurso público não pensei duas vezes para fazer e hoje sou funcionária pública e estou muito feliz pois me veio a oportunidade de fazer este curso que certamente irá nos proporcionar maior agilidade no ambiente de trabalho me recordo que quando passei em primeiro lugar surgiu muita inveja daí começaram a querer colocar defeitos em serviços públicos mas nem liguei o que queria mesmo era um trabalho onde eu teria mais tempo para ficar com a família.

    ResponderExcluir
  10. O que você acha disso tudo? Você concorda que o adulto não muda ou está de acordo com o que dissemos no início que estamos sempre em processo de mudança? A quem interessa que mudemos ou não?
    R: Que a psicologia é uma área muito interessante, ajuda as pessoas. Somos seres em constante processo de mudança. É importante uma formação psicológica no que se refere à pessoa do educador. A todos com quem convivemos e as nós mesmo.

    O que você pode tirar de conclusões dessa atividade? E em relação à professora, podemos dizer que conhecia seus alunos? Será que o fato de termos crianças da mesma idade, em uma mesma escola, em uma mesma sala de aula, demonstra que têm os mesmos interesses ou pensam da mesma maneira?
    R: Diversidade cultural. Não, pois ela imaginava outras atividades. Não por que cada um é diferente – e especial.

    Vamos pensar um pouco sobre tudo isso? Qual o papel da mídia nas nossas vidas? Dentre televisão, rádio e jornal, qual o meio de comunicação que você faz mais uso?
    R: Os meios de comunicação são usado tanto para a verdade como não. As palavras educam, e os exemplos arrastam. Televisão, gosto de assistir os telejornais, novela.

    Gostaria de propor como tarefa que você assista a dois capítulos de qualquer novela do seu interesse; repare depois como ela influencia nas roupas, no corte de cabelos e nas gírias das crianças, dos adolescentes e dos adultos em sua volta.
    R: A impressão e que a televisão influencia sim muito na vida das crianças, adolescentes, e dos adultos, principalmente na educação das crianças e dos adolescentes, isto ocasiona ate certos conflitos em casa.

    Como tarefa, proponho que você faça uma visita a uma escola inclusiva e observe como os educadores dessa escola trabalham com os alunos com necessidades especiais. Preste atenção como esses alunos se relacionam com os outros alunos. Como é incentivado, ou não, as interações em sala de aula com os colegas e com os professores. Anote, no seu memorial, todas assuas percepções dessa situação.
    R. Eles são profissionais capacitados para trabalhar com alunos especiais, fazem trabalhos manuais muito bonitos, artesanato, música. Na maneira deles. Como se fossem normais do jeito de ser especial.

    Como eles acham que poderiam participar do dia-a-dia da escola? E você, o que acha da participação dos pais na escola? O que fazer para ajudar a melhorar essa articulação? Pense em alguma estratégia para isso.
    R: Ajudando em casa com as tarefas escolares, higiene, incentivando os filhos à estudar. Não esperar tudo dos governantes, organizar grupos para ajudar com serviço voluntário. Ter mais diálogo entre ambas as partes, pais e professores. Participar das reuniões e conselhos escolares.
    O que você achou desses relatos? Escreva um pequeno comentário sobre o exposto no seu memorial.
    R: É fundamental que cada um seja chamado pelo nome, porque já estabelece um vínculo de amizade e segurança e que todas as crianças tem que ser tratada com carinho e respeito.

    ResponderExcluir
  11. módulo 5
    Pratique: pág.23,42,43,45,64.

    01- Como você estudou no módulo 2, as conquistas trabalhistas que temos hoje são frutos das lutas dos trabalhadores. Em nosso país, durante o governo Vargas, essas conquistas transformaram-se em leis, por meio da consolidação das leis do trabalho, a CLT. Atualmente, sob a alegação de que pagam muitos impostos, em razão de uma serie de garantias trabalhistas que oneram muito e impedem de empregar mais funcionários, o empresariado tem pressionado o congresso nacional e o governo a flexibilizar as leis trabalhistas, ou seja, acabar com alguns direitos. Faça uma pesquisa e investigue quais leis trabalhistas estão ameaçadas pela chamada ‘’flexibilização das leis trabalhistas. ’’
    R: Analisando sua pergunta acredito que o objetivo seja o seguinte: quais direitos trabalhistas podem ser atingidos pela flexibilização das leis trabalhistas.
    Respondendo esta indagação deve ser, em um primeiro momento observada a origem da flexibilização.
    Como a flexibilização é um fenômeno decorrente dentre outros fatores da globalização, a qual impõe a redução de custos e consequentemente de direitos que protegem o trabalhador, a fim de conferir maior competitividade às empresas, ela não existe apenas em leis, mas em tendências de interpretação das leis trabalhistas, em políticas governamentais, etc.
    Existem muitos direitos trabalhistas que estão alçados a nível constitucional como licença maternidade, 13o. salário, férias, horas extras, etc.
    Como a constituição federal é o ápice da pirâmide normativa, isto é, se sopre põe as todas as normas qualquer alteração infraconstitucional, como uma lei ordinária ou complementar, não poderá alterar ou suprimir tais direitos.
    Não será possível criar uma lei ordinária para retirar, por exemplo, o 13o. salário nem flexibilizá-lo a ponto de suprí-lo.
    Se assim proceder o legislador esta lei será inconstitucional.
    A única forma seria impor mecanismos de flexibilização a nível constitucional, como por exemplo, uma emenda constitucional que possibilite a supressão de tais garantias.
    Acontece que a reforma a nível constitucional exige quorum qualificado de 2/3 em duas votações nas duas casas legislativas (senado e câmara dos deputados) o que é muito difícil.
    Tomo como exemplo a recente tentativa de alterar o artigo 618 da CLT, onde seria possível prevalecer o negociado sobre o legislado, momento que normas contratuais poderiam se sopre por a lei para suprimir direitos (o que é vedado hoje). A mudança deste artigo não foi possível e o projeto se encontra parado no congresso nacional tamanha é a polêmica. Esta alteração seria uma forma de flexibilização. Exigira, apenas, quorum simples (maioria) em votação única na câmara e votação única no Senado. Se esta como uma forma mais simples de alteração, via lei ordinária, não foi possível por questões políticas, afinal suprimir direitos trabalhistas não é medida popular, agrada apenas a cadeia produtiva, mais difícil seria uma alteração constitucional.

    ResponderExcluir
  12. 2) Em sua escola, o professor de História trabalha com os alunos a Revolução Industrial e a Francesa? Entreviste-o e registre no memorial os principais conteúdos da aprendizagem dos alunos.
    R. Durante a exposição do conteúdo sobre a Revolução Industrial os alunos conseguiram perceber que a partir dos séculos XVII e XVIII houve uma grande mudança na Europa, principalmente na Inglaterra onde surgiu uma nova classe social até então inexistente que foi o proletariado, com a emergência das fabricas, e invenção da maquina a vapor, etc. Juntamente com a modernidade e progresso representado pela revolução industrial, emergiu também a disciplina, o rigor, as punições, a competição e principalmente a exploração da mão de obra dos trabalhadores que passaram a vender uma mercadoria preciosa para as fabricas que era sua força de trabalho. Os trabalhadores já não eram mais escravos como na antiguidade e nem servos como na idade media, passaram a ser chamados de proletariados.
    Nesse período houve um crescimento demográfico muito grande, com isso começou a surgir o problema que afetou os trabalhadores das fabricas, que foi o desemprego, e falta de leis trabalhistas. E para agravar mais a situação dos trabalhadores as maquinas que foram inventadas passaram a substituir muitos trabalhadores.
    Se por um lado a Revolução Industrial marcou uma nova era – a do progresso e tecnologia, por outro também teve conseqüências que tem ressonâncias ainda nos dias de hoje que é o desemprego, a poluição ambiental, o crescimento desordenado de grandes cidades industriais.

    Já no advento da Revolução Francesa os alunos tiveram uma percepção muito grande em relação aos valores iluministas tais como: justiça, liberdade e igualdade que influenciaram o processo revolucionário da França do século XVIII. Compreenderam que essa revolução nasceu dos anseios da burguesa e dos camponeses e trabalhadores urbanos (proletariado) que eram seres apoliticados no sentido de não ter direitos políticos, ou seja, que não tinham poder de mudar a situação precária que os franceses vivenciavam como a miséria que assolava a maior parte dos trabalhadores e camponeses uma vez que as eleições eram bem desiguais enquanto os dois grupos minoritários compostos por nobres e clero tinham maior privilégio em termos políticos.
    A partir desse momento histórico houve uma ruptura na pratica da política monarquista, implantando uma nova forma de governo. Foi criado nesse processo um documento muito importante que influenciou a independência de muitos países da América do Sul, e também várias constituições, pois nele continha os direitos do homem e do cidadão é desse documento que surge a expressão cidadania: A DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DO HOMEM E DO CIDADÃO, essa carta inicialmente beneficiou em especial os burgueses e mais tarde beneficiou muitos países.

    ResponderExcluir
  13. 3) Você estudou também no Módulo 2 que a escravidão foi extinta no Brasil em 1888. No entanto, a grande imprensa denuncia constantemente a existência de trabalho escravo em nosso país. Faça uma pesquisa no Ministério do Trabalho como o governo Federal vem combatendo o trabalho escravo. Investigue também em quais regiões do país ocorre uma maior incidência desse tipo de exploração. Procure a Delegacia Regional do Trabalho de sua cidade e entreviste um fiscal, procurando saber se em seu município existe esse tipo de ocorrência. Você tem notícia de trabalho escravo no Brasil nos dias de hoje? Se possível, recorte algum texto ou revista e cole em seu memorial.
    R: O presidente em exercício do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Vantuil Abdala, pediu uma vigilância constante da sociedade e do Estado para acabar com o trabalho escravo no País. O alerta do ministro foi feito ao tomar conhecimento de que uma equipe de fiscalização móvel do Ministro do Trabalho havia encontrado 75 trabalhadores em regime de escravidão em uma fazenda na região de Santa Rita do Trivelato, a 360 quilômetros de Cuiabá (MT).
    ?Essa notícia demonstra que devemos ter uma preocupação incessante, uma vigilância constante e uma fiscalização sem trégua em relação ao trabalho escravo no Brasil, disse o ministro Vantuil Abdala. Ele destacou o trabalho realizado pela Justiça do Trabalho em regiões onde a incidência dessa prática é mais freqüente, por meio das Varas itinerantes.
    Segundo ele, o trabalho escravo é uma das questões que mais denigre a imagem do Brasil no exterior, ao lado da exploração do trabalho infantil. ?São as denúncias mais freqüentes que chegam à Organização Internacional do Trabalho com relação ao Brasil, afirmou.
    Vantuil Abdala ressaltou que a escravidão não é mais simbolizada pelo açoite e correntes, porque é praticada por meio de um artifício diferente que mantém o trabalhador em sistema de cativeiro: Freqüentemente as fazendas onde existe trabalho escravo ficam em regiões de difícil acesso, o que facilita o isolamento do trabalhador. Por não ter onde comprar alimentos, ele é obrigado a manter uma conta aberta no armazém do patrão.

    ResponderExcluir
  14. 4) Faça uma entrevista com uma pessoa que se mudou do interior para a cidade grande. Procure perceber quais as diferenças que ela notou entre a vida interiorana e a do centro urbano. Quais as dificuldades que ela encontrou para se adaptar à nova realidade?
    R. Meu nome é Avelino Passam morei no Km 41, dezenove anos vendemos nosso sítio e compramos uma área menor na cidade de Toledo PR. Perto da Sadia, hoje é tudo loteado vendemos a área de terra e ganhamos um bom dinheiro. Hoje estamos morando onde ficava a antiga rodoviária bem no centro de Toledo. No Km 41 trabalhávamos na lavoura com plantio de soja, milho, trigo, mandioca, animais domésticos etc.. e tínhamos um moinho, fazia fubá, e descascava arroz.
    Faz mais de vinte anos que mudamos para perto da cidade, vendíamos leite. Depois vendemos as lavouras e estamos morando na cidade gostamos muito eu e a Elza nossas três filhas estão casadas. Vivemos só nos dois o problema é a saúde no mais nós queria ter morado na cidade a vida inteira, temos muito conforto, dinheiro a juro. No sítio a vida era sofrida trabalhávamos de sol a sol, aí vinha a estiagem ou então a geada e acabava com o lucro, era raro fazermos uma boa colheita, daí era o preço que era baixo.

    Em sua opinião, é assim que funciona a nossa democracia? Na escola, o princípio da gestão democrática nos chama à participação, para construirmos juntos os processos educacionais. Como tem sido essa prática em seu ambiente de trabalho? Ao delegar a alguns o direito de decidir por nós, não estaríamos repetindo mecanismos de representação? Só isso basta? Ou existem mecanismos de participação direta de todos os envolvidos no processo educativo? Faça uma discussão com seus colegas de trabalho sobre essas questões e registre no seu memorial os resultados.
    R: A democracia no espaço escolar funciona de maneira parcial, uma vez que nem todos os envolvidos exercem ativamente o seu direito na participação, e muitos dos que participam não visa o pleno desenvolvimento integral das ações, e muitos reconhecem os seus direitos, porém os deveres ficam a mercê.
    Reconhecemos a existência da Gestão Democrática, porém a mesma não é de interesse por todos os envolvidos no processo Educacional, se tornando apenas como uma gestão administrativa, e o descaso profissional fazem com que as coisas continuem acontecendo gradativamente, uma vez que os que deveriam participar, os principais envolvidos se recusam a participar ativamente e quando participam almejam interesses ou promoções particulares.
    Reconhecemos que para o sucesso educacional a comunidade precisa fazer parte, porém, reconhecemos que ela precisa ser mais preparada, para que a sua participação seja realmente coerente e satisfatória, visando não apenas a particularidade, mas todo o contexto educacional - o que atualmente não acontece.

    Os méritos de cada um determinariam o seu sucesso, sua posição mais favorável na sociedade, seus privilégios. Você vê a nossa sociedade dessa forma? Será que a maioria dos indivíduos usufrui da aplicação dos princípios liberais e tem a oportunidade de melhorar suas aptidões, progredindo na vida? Faça uma discussão com seus e trabalho sobre essas questões e registre no seu memorial os resultados.
    R: O que reconhecemos que em toda sociedade, existe a concorrência de interesses e ideais, o qual não usa a diferença para sanar confrontos, e sim para aguçá-los. Por mais que a democracia exista e aconteça, ela se divide em duas ou mais pontas com grupos divergentes – cada qual, visando o melhor para o seu grupo. Usando assim a democracia como faca de dois gumes – bom para um e ruim para outro.
    Seria de fundamental importância ver a democracia com os olhos de todos, como o bem comum em que todos possam usufruir e participar ativamente.

    ResponderExcluir
  15. Faça uma pesquisa sobre Anísio Teixeira, suas principais idéias e sua contribuição para educação brasileira.
    R. Segundo Anísio, a escola é local propício para a construção desta consciência social. Nela o indivíduo adquire valores; nela há condições para formar o ser social. “Como a escola visa formar o homem para o modo de vida democrático, toda ela deve procurar, desde o início, mostrar que o indivíduo, em si e por si, é somente necessidades e impotências; que só existe em função dos outros e por causa dos outros; que a sua ação é sempre uma trans-ação com as coisas e pessoas e que saber é um conjunto de conceitos e operações destinados a atender àquelas necessidades, pela manipulação acertada e adequada das coisas e pela cooperação com os outros no trabalho que, hoje é sempre de grupo, cada um dependendo de todos e todos dependendo de cada um” (Teixeira, 1956, p. 10) 3 . A escola deve ser agente da contínua transformação e reconstrução social, colaboradora da constante reflexão e revisão social frente à dinâmica e mobilidade de uma sociedade democrática: “o conceito social de educação significa que, cuide a escola de interesses vocacionais ou interesses especiais de qualquer sorte, ela não será educativa se não utilizar esses interesses como meios para a participação em todos os interesses da sociedade... Cultura ou utilitarismo serão ideais educativos quando constituírem processo para uma plena e generosa participação na vida social” (Teixeira, 1930b, p. 88-89) 4
    Afirmamos que o Professor Anísio Teixeira, sem nenhuma dúvida, foi um dos mais importantes protagonistas da Educação Brasileira, de todos os tempos, e um defensor ímpar da educação democrática. Ele defendeu a democracia como necessidade vital da sociedade moderna. Lutou por isto, até seus últimos dias, e foi uma vítima desta luta.
    Por tudo isto volto a dizer que é um desafio falar do pensamento desse homem: um intelectual cuja vida foi exemplo de coerência entre pensar e agir.
    Seria veleidade minha admitir originalidade nesta fala. Sabemos todos que falar é se expor. Ao aceitar o convite da Presidência desta histórica Associação Brasileira de Educação, que muito me honra, eu me exponho ao vivo e a cores e submeto ao julgamento dos senhores presentes, algumas reflexões que fiz sobre um tema muito em evidência na nossa sociedade: a formação dos professores e a utilização dos Meios da Educação a Distância. Este é o recorte que faço nas obras de Anísio Teixeira. E é a partir dele que teço considerações sobre a atualidade de seu pensamento.

    A partir da sua experiência como funcionário de uma escola somado ao que você aprendeu nesta unidade, como você enxerga o papel da escola? Você acha que ela só cumpre o papel ideológico de manter as coisas como estão ou você acredita que ela pode contribuir para a formação de consciência libertadoras que fortaleçam a luta pela transformação social? Discuta esses questionamentos com seus colegas e anote as conclusões no seu memorial.

    R: Reconhecemos que a nossa Instituição tem punho transformador, e que almeja rompimento de paradigmas sociais, visando mudança em todo o contexto tradicional reprodutor. Porém, sabemos que os objetivos da Instituição só não são mais conclusos porque a sociedade não participa corretamente, participa sem reconhecer seus direitos e deveres – sendo leigos em suas ações. Precisa esclarecimento contínuo para uma ação participativa de sucesso de todos.

    ResponderExcluir
  16. Velha História - Mário Quintana

    "Era uma vez um homem que estava pescando, Maria. Até que apanhou um peixinho! Mas o peixinho era tão pequenininho e inocente, e tinha um azulado tão indescritível nas escamas, que o homem ficou com pena. E retirou cuidadosamente o anzol e pincelou com iodo a garganta do coitadinho. Depois guardou-o no bolso traseiro das calças, para que o animalzinho sarasse no quente. E desde então, ficaram inseparáveis. Aonde o homem ia, o peixinho o acompanhava, a trote, que nem um cachorrinho. Pelas calçadas. Pelos elevadores. Pelo café. Como era tocante vê-los no "17"! o homem, grave, de preto, com uma das mãos segurando a xícara de fumegante moca, com a outra lendo o jornal, com a outra fumando, com a outra cuidando do peixinho, enquanto este, silencioso e levemente melancólico, tomava laranjada por um canudinho especial... Ora, um dia o homem e o peixinho passeavam à margem do rio onde o segundo dos dois fora pescado. E eis que os olhos do primeiro se encheram de lágrimas. E disse o homem ao peixinho: "Não, não me assiste o direito de te guardar comigo. Por que roubar-te por mais tempo ao carinho do teu pai, da tua mãe, dos teus irmãozinhos, da tua tia solteira? Não, não e não! Volta para o seio da tua família. E viva eu cá na terra sempre triste!..." Dito isso, verteu copioso pranto e, desviando o rosto, atirou o peixinho n’água. E a água fez redemoinho, que foi depois serenando, serenando... até que o peixinho morreu afogado..."

    Respostas
    1 - Amizade até com bichinho de estimação é muito bom. O homem as vezes não tem consciência de suas atitudes. Ele tem relação boa com qualquer coisa que lhe agrada. Como pode viver um peixe fora da lagoa. Todos pois o peixinho era seu companheiro fiel. Cuidar, dentre os representantes,... que o cuidar exige um relacionamento interpessoal entre o cuidador e quem é cuidado, implica as pessoas a refletir. Junto com os demais em cima da mesa toma suco de laranja no canudinho.

    II – Muito legal pois fazia parte da sua vida. Ele tem consciência que o peixinho não está no seu habitat que a situação traria sofrimento para os dois. Um dia, ao pescar na beira de um rio, um homem pega um peixe. A partir de um gesto de afeto do pescador, os dois desenvolvem uma linda amizade que é admirada por todos na cidade.
    lll - . Ele viu que o peixe não ia viver muito nesta situação, quando voltou ao lugar que pescou o peixinho sentiu culpado, resolveu devolver o peixinho com sentimento de muita tristeza, seus olhos se encheram de lágrimas, achou melhor que ele se encontrasse com seus pais, irmãos, tia, familiares. E ele continuasse como antes uma vida de solitária e triste.
    lV - Devolve para o rio, que ele cometeu um grave erro em ficar este tempo com o peixinho. Foi egoísta, pensou em si próprio, em preencher seu vazio com a amizade do Se ele tivesse ido no local cuidar, tratar, dar carinho, visitar sempre o peixinho não teria morrido, ou tivesse conversado com alguém talvez tivesse ajuda certa.

    ResponderExcluir
  17. MÓDULO 6

    Pratique pág. 28 e 48

    Escolha de cinco a sete pessoas entre pais, mães, professores, colegas funcionários e estudantes, e faça as seguintes perguntas: quais são as funções da escola hoje em dia? O que a escola representa para a cidade, para o bairro? A conversa deve ser registrada em seu memorial.

    R: Reconhecemos que hoje a função da escola é formar cidadãos conscientes de seus deveres e direitos; ao mesmo tempo contribuindo para que o seu conhecimento sistematizado seja coerente com as suas ansiedades, desejos e necessidades; possibilitando condições reais para que o sujeito se construa e/ou reconstrua na busca dos seus próprios ideais.
    Porém a escola é representada para a cidade e/ou bairro e para muitos, como o único espaço responsável para educar os sujeitos sociais, de modo que seria de total responsabilidade da ESCOLA corrigir os erros e falhas cometidas por outros. Não admitem que todos os agentes e órgãos sociais possuem ou pelo menos deveria possuir punho educativo e não apenas formador.

    Descubra o dia e horário da reunião do Conselho Escolar. Caso sua escola não tenha, procure o Conselho Escolar em uma outra instituição. Vá à reunião, solicite a pauta, acompanhe as discussões e registre no seu memorial e, se for o caso, no Relatório Final, os assuntos debatidos e os encaminhamentos propostos. Discuta com sua tutora o significado e a importância do conselho na escola.
    R: Infelizmente não existe um calendário próprio para as reuniões junto ao CDCE das unidades escolares, elas acontecem nos momentos ou oportunidades em que surgem do decorrer dos dias, sendo responsabilidade dos seus membros o acompanhamento integral de todos os acontecimentos e decisões em relação à escola. Nas reuniões presenciadas, comprovamos a preocupação e disponibilidades da equipe em propor soluções democráticas para as tomas de decisões em relação à administração escolar (documentos, matriculas, matrizes curriculares, materiais.)

    ResponderExcluir
  18. MÓDULO 7
    Pratiques pág. 25,33

    Conseqüências positivas e negativas de algumas das invenções do ser humano.
    As maiorias das coisas inventadas pelo ser humano trazem grandes benefícios para as pessoas. A tecnologia está cada vez mais sofisticada. A ciência vem evoluindo a cada dia mais e ajudando na cura de muitas doenças; os meios de comunicação estão cada vez mais rápidos, as pessoas podem conhecer o mundo através de apenas um click; ter muito mais informações sobre diferentes assuntos, além de todo o conforto que nos trazem, a invenção. Uso de comunicação gratuita se comparar com o telefone, jogos on-line, uso de correio eletrônico internacional e nascional, podendo mandar fotos, arquivos sem pagar nada. Uso de pesquisa pra estudos para pessoas de qualquer idade. c Conseqüência negativas ao meu ver foi a da bomba atômica que deixou milhões de pessoas mortas e mutiladas e até hoje assusta o mundo inteiro. As armas que são construídas cada vez mais potentes e perigosas, e são usados para violência. Outra conseqüência negativa são formas como a internet vem sendo utilizada, muitas vezes para discriminação, preconceito, prostituição, saite acessados que qualquel criança pode entrar, sem controle ou fiscalização. Cabe aos pais a responsabilidade de olhar o que os filhos fazem, quando entram na internet. Informações erradas depende da fonte da informação, roubo de senhas de banco, vírus de computadores, espionagem. Pessoas desconhecidas que podem se tornar perigosas na sua vida. As vezes fica numa velocidade baixa a internet e isso estressa as pessoas.

    ResponderExcluir
  19. A importância da informática na formação profissional dos funcionários das escolas.
    Assim, o desenvolvimento de uma linha de pesquisa que investigue o uso das diversas
    possibilidades da informática e telemática aplicadas à formação profissional, quer através de programas educativos, quer através da educação à distância, se faz necessário para confirmar a pertinência e a adequabilidade de seu emprego para esses usuários --específicos, abrindo novos horizontes possíveis para sua qualificação profissional.
    São inúmeros os obstáculos que se apresentam para a realização de ações concretas para avaliar a adequação do meio informático às várias aplicações didático-pedagógicas, indo desde restrições de acesso ao equipamento, até dificuldades da adequação dos referenciais teóricos ao novo suporte tecnológico.

    ResponderExcluir
  20. MÓDULO 8
    Pratiques: pág. 20, 30, 39

    De posse dessas informações, e inspirando-se no texto “Retrato de um libertador”, apresentado anteriormente, crie uma biografia para a pessoa que você escolheu. Presentei-a com uma cópia do texto e acrescente outra em seu memorial.

    Homenagem a alguém
    Creine Sebastiana da Silva nascida no dia 20/12/80 em Rosário Oeste MT passou sua infância em Nobres hoje casada mãe de três filhos gosta de lavar roupas sua comida predileta é arroz, feijão, bife e churrasco.
    Atualmente trabalha na Creche Municipal Nascer do Sol há dez meses e gosta do que faz.
    Sua maior lembrança é de seu tempo de infância, seu maior projeto é construir sua casa própria, quitar o carro e o mais importante terminar os estudos.
    Seu maior sonho é conhecer Angla dos Reis e seu projeto em relação aos filhos é que eles estudam e se formam para que possa ter um bom emprego e melhores condições de vida, ela gosta do lugar onde mora, pois é um lugar calmo também tem um bom relacionamento com seus colegas de trabalho.

    Observe a ilustração abaixo. Atente para a fisionomia da criança, seu aspecto físico, roupas, atitude, o cenário à sua volta. O que isso tudo lhe sugere?
    Problema social, Brasil desenvolvido, país do futebol – Penta campeão, país de afro descendentes, saneamento básico precário, miséria, fome, falta de infra-estrutura. Esperança de mundo melhor no sorriso da criança, cuidar da marcha.
    Pense nos conceitos que você elaborou sobre cidadania, na seção 2. Reflita sobre as diferentes possibilidades de abordá-los, relacionando-os à ilustração.
    Qualidade e direito de cidadão. Civismo. Demog. Conjunto dos cidadãos de um povo ou nação. Dir.Vínculo de índole pública que relaciona o indivíduo com o Estado ao qual pertence. Implica uma cessão de certos direitos individuais ao Estado e ao acatamemto da autoridade e da lei, e, por outro lado, o exercício de certos direitos e sua garantia pelo Estado.

    Crie três propostas diferenciadas de texto, expressando sua opinião e sentimentos em ralação à imagem. Siga as instruções para cada um dos textos:
    QUEM QUER AJUDAR
    Nossas crianças e adolescente cada vez mais necessitam de orientações, estímulos, vivências de cooperação e de solidariedade, de responsabilidade e de cidadania, que nos fazem humanos, solidários e autônomos. Nossos adultos, aqueles que, por várias razões, somente agora têm acesso à formação escolar, são nossos companheiros nesta tarefa coletiva, que é educar a própria sociedade e intervir nas decisões do bairro e do município, nas decisões sobre o uso do meio ambiente, da floresta e do lixo, bem como na expressão sobre diversos temas, como a construção das escolas.

    ResponderExcluir
  21. a) Imagine que você foi convidado a criar um cartaz para colocar no mural da escola, em comemoração ao dia das crianças. Crie o texto do cartaz, ilustrando-o com essa imagem.

    CRIANÇA!

    ESPERANÇA DE UM AMANHÃ


    FELIZ DIA DAS CRIANÇAS
    12.10.2009


    b) Elabore um texto publicitário para ser veiculado, em horário nobre, no intervalo da novela. O objetivo é sensibilizar a sociedade em relação às crianças em situação de risco. A ilustração ficará em primeiro plano, enquanto um locutor lê o seu texto, que terá a duração de 30 segundos.
    O Brasil é Penta: Persistência e garra!

    c) Agora, exercite sua veia poética. Inspirando na ilustração, crie um poema, que expresse as alegrias e as dificuldades de ser criança no Brasil.
    O homem é o lixo que ele faz.
    O homem é a paz que ele tenta.
    O homem é a guerra que ele traz.
    O homem é o sonho que ele inventa.

    Então, vamos responder à carta? Você pode elaborar o texto e incorporá-lo ao seu memorial. Mãos à obra!

    Vou bem obrigada.
    Confesso que no começo fiquei bastante preocupada pois é o meu primeiro curso a distância mais com o passar do tempo, com a ajuda da tutora, dos professores, dos colegas de classe e da outra turma, consegui me sair dessa situação, os pratiques, muito me preocuparam, quando não achava a resposta. Queria colocar tudo no memorial, depois fui informada que não havia necessidade de todas. Triunfei agora encontrei o rumo certo.
    Na confecção dos trabalhos, principalmente em grupo, tenho certeza que as barreiras foram rompidas e vou se Deus quiser conseguir realizar meus objetivos, concluir o nível superior na área da minha função, pois quero ser uma profissional qualificada e apresentar um trabalho de boa qualidade.
    O Profuncionário é uma experiência desafiadora, mais inovadora e motivadora também. Estando aberta a essa nova experiência, com certeza eu estarei crescendo e aprendendo a pensar e fazer de outra forma aquilo que já venho fazendo ao longo de minha história profissional. É natural que apresento dificuldades no primeiro momento, mas é claro a minha capacidade de enfrentar desafios e superá-los.
    Gosto, pois iniciei o Profuncionário agora, e sei que não é nada fácil, mas é um desafio a vencer.

    ResponderExcluir
  22. MÓDULO 9

    PRATIQUE: pags; 13,23,27,34,36,44,56,58,76,81,82,86,88,91,96,111.

    Pag; 13 – Refletir e Responder – No cotidiano de nossas vidas nos deparamos com a existência de diversas normas, escritas ou não. Reflita, relacionando em seu memorial qual desses tipos de normas são para você mais importantes. Justifique.

    O Direito e as normas sociais. Como ser social, o homem interfere na sociedade, na vida de outros homens, provocando, como conseqüência, a reação de seus semelhantes. Muitas vezes, essas relações entre os homens acabavam gerando conflitos, os quais levaram à criação de regras para disciplinar o convívio entre os indivíduos.

    23- Pesquise e destaque, na Constituição Federal, outros exemplos de incoerência entre norma escrita e a realidade do cotidiano. Veja, por exemplo, as leis que tratam do salário mínimo ou de outros direitos dos trabalhadores, dos princípios da educação, dos Estado para com a educação e com a seguridade social, etc.

    27 – Refletir e Responder – Em sua opinião, qual o papel da mídia no estímulo ao consumo? Você, hoje, sente algumas necessidades que não tinha há alguns anos? Quais?

    Propaganda, Marketing, moda. Sim, estar atualizada em conhecimentos gerais.

    34 – Pesquisar – Procure em uma locadora de vídeo de sua cidade o filme Tempos Modernos, de Charles Chaplin, popularmente conhecido como Carlitos. Esse filme mostra de forma bastante irônica a esquizofrenia da mecanização do trabalho. Assista e debata com seus colegas de curso ou de trabalho a seguinte questão: os funcionários da educação e os professores de sua escola têm tido oportunidade de participar da elaboração do projeto político pedagógico ou serão apenas meros executores de algo que não conceberam?


    O contexto social apresentado, permite estabelecer relações com nosso dia-a-dia, como Esse fato é retratado no filme onde Carlitos, figura principal, é um operário que trabalha em uma linha de montagem se Chaplin estivesse tendo uma visão do futuro.apertando parafusos, em razão da quantidade excessiva de exercícios repetitivos, Carlitos, mesmo fora da função industrial, continua efetuando movimentos como se estivesse apertando os parafusos na linha de montagem.

    ResponderExcluir
  23. 36 – Reflita e Responda – Em sua opinião, como a educação pode contribuir para que tenhamos uma sociedade mais cidadã? Como a escola onde você trabalha pode desenvolver em cada um dos estudantes e educadores sua responsabilidade de cidadãos?

    Compreender a cidadania como participação social e política, assim como exercício de direitos e deveres políticos, civis e sociais, adotando, no dia-a - dia, atitudes de solidariedade, cooperação e repúdio às injustiças, respeitando o outro e exigindo para si o mesmo respeito;

    44 – Leia os artigos 5º, 6º e 7º da Constituição Federal de 1988. Destaque e debate com seus colegas a respeito dos aspectos mais relevantes para o setor da educação.
    5º O aluno que não obtiver o mínimo de notas exigido para aprovação será automaticamente retido e terá sua matrícula assegurada para o ano ou semestre letivo seguinte;

    6º A confirmação de notas, faltas e/ou ata final deverá ser amplamente divulgada aos conselho de classe ou reunião de professores destinada a apresentação e mbros da comunidade e acompanhada por pelo menos 2 (dois) representantes de pais de alunos e 5 (cinco) membros da comunidade maiores de 18 anos, sob pena de nulidade da ata final e sem prejúízo da ação penal cabível.

    7º Os membros da comunidade que participarem do conselho final deverão assinar sob pena de nulidade da ata, o termo de comparecimento na reunião destinada para os fins do páragrafo 5º, sem prejuízo das sanções penais cabíveis em caso de ação ou omissão que constitua crime previsto na legislação

    56 – Pesquisando em livros de História Geral, enciclopédias e na internet, procure saber um pouco mais sobre a Revolução Francesa, suas idéias e ideais. Discuta com seus colegas quais foram os legados desse movimento para a conquista do Estado de Direito Administrativo outras definições desse ramo do Direito. Tente, então, construir o seu próprio conceito.

    Cidadania, justiça, igualdade, liberdade, democracia política, fraternidade e direitos individuais foram lemas da revolução e são, ainda hoje temas discutidos e reivindicados em diversos pontos do mundo.

    ResponderExcluir
  24. 58 – Você tem conhecimento de situação na Administração Pública, seja Federal, Estadual ou Municipal, onde os princípios acima abordados não foram, ou não estejam sendo, seguidos?

    Nos três poderes sempre tem coisas erradas, irregularidades, corupção, sonegação e politicagem suja.
    65 – Pesquise e registre em seu memorial pelo menos um exemplo de autarquia, empresa pública e sociedade de economia mista, presentes em seu Estado ou município. Entreviste um funcionário de outra escola e descubra as diferenças de vínculo empregatício, deveres e direitos, entre você e ele.
    Em Santa Rita do Trivelato tem a previdência , que é administrada pelo prefeito, e comissão.Santa Rita Previ.

    68 – Pesquisar – O conselho de sua escola tem tomado decisões administrativas? Quais foram as últimas decisões? Como elas se materializaram?

    71 – Leia o regimento escolar e o regimento do conselho escolar. Verifique as semelhanças e diferenças.
    76 – Pratique – Procure saber como foi a licitação para a construção do prédio de sua escola ou de alguma reforma ou ampliação nele executado. Haveria alguma forma de burlar as regras das licitações? A imprensa local e nacional tem noticiado fraudes, favorecimentos e superfaturamento em licitações para compras e construções de obras? Como evitar a corrupção?
    Sempre tem, o prefeito tinha materiais de construção, é feito licitação mas na época quase todas o comércio do prefeito ganhou. Sim o Tribunal de Contas deu parecer desfavorável. Os vereadores devem exercer seu papel, e comprir com suas obrigações.
    81 – Como foram admitidos os funcionários de sua escola? Se houve concurso público, foi de provas ou de provas e títulos? As provas aplicadas corresponderam às competências e habilidades do cargo? Que títulos foram exigidos? Compare o concurso para funcionários com os de professor.
    Alguns sempre são contratados pelo processo seletivo. De provas. Somente para professores caiu conhecimentos específicos, e redação, e formação. Para outros cargos não.

    ResponderExcluir
  25. 82 – Responda, em seu memorial: você conhece educadores que não colocam os filhos em escolas públicas com o argumento que nas particulares as greves são mais raras e mais curtas? O que você acha dessa atitude? Nas greves que afetaram a escola onde você trabalha, houve prejuízo para os alunos? A greve pode ser usada como elemento de conscientização da cidadania dos estudantes? Como?

    Sim conheço. Correta. Nunca houve greve mesmo quando o salário atrazava 3 meses. Sim, se não houver fiscalização dos dias letivos e dos trabalhos que estão no cronograma. Em escolas particulares tudo tem a tendência de ser melhor.

    86 – Consulte os dados da CNTE – Confederação dos Trabalhadores em Educação a respeito de salários dos professores e funcionários de escolas públicas nos diversos estados do país. Compare com os seus vencimentos e discuta com os colegas o porquê de tantas diferenças.
    1. A medida cautelar contida na ADI dos supracitados governadores foi concedida parcialmente. O Supremo Tribunal Federal considerou a Lei do Piso constitucional, porém limitou sua abrangência até o julgamento do mérito da ação.
    2. Em anexo segue a análise original da CNTE sobre a Lei 11.738/08, a qual ainda não considera a decisão do STF em suspender a aplicação do parágrafo 4º do art. 2º da Lei, referente à hora-atividade (1/3 da jornada para atividades extra-sala), nem a flexibilização do art. 3º (caput e incisos), que possibilita a complementação ao piso na forma de remuneração, ambos até o julgamento final da ação judicial.
    3. Em razão da não publicação da decisão, pelo STF, que se encontra em recesso até fevereiro, algumas dúvidas suscitaram em torno da implementação da Lei. A primeira refere-se ao valor exato a ser pago pelos entes federados em 2009. Ao desconsiderar a incorporação progressiva do piso na forma de vencimento, a decisão do Supremo abriu margem a um entendimento de que os entes federados estariam desobrigados a remunerar o valor total do piso já em 2009, sendo necessário, apenas, somarem aos atuais vencimentos iniciais de carreira 2/3 (dois terços) da diferença entre o vencimento inicial de dezembro de 2008 e o valor do piso em 2009.
    4. A segunda celeuma concentra-se no reajuste do piso. Para a CNTE, este ponto é pacífico, uma vez que não foi abordado no julgamento. Porém, há gestores questionando a aplicação do reajuste. Com relação ao índice a ser aplicado, mantém-se a redação original do art. 5º da Lei 11.738/08 (valerá o percentual utilizado para o Fundeb, o qual ainda não foi divulgado).
    5. O terceiro ponto diz respeito à jornada para aplicação do piso. Com exceção da hora-atividade, não houve nenhuma outra modificação no texto da Lei, estando valendo o estabelecido no § 1º do artigo 2º. Ou seja, poderão ser praticadas jornadas abaixo de 40h para o valor integral do piso ou superior a ele.
    6. Com relação à mobilização pelo Piso Salarial, a Diretoria Executiva da CNTE se reunirá na primeira quinzena de fevereiro para definir um calendário à luz das deliberações do Conselho Nacional de Entidades da Confederação, que aprovou a possibilidade de uma greve nacional.
    7. Para o atual estágio de negociação, a CNTE indica o seguinte: (i) exigir dos governadores e prefeitos a implementação integral da Lei, independente do julgamento do STF. Os entes federados possuem autonomia para honrarem esse compromisso de valorização com os profissionais da educação e assim devem proceder, em atenção ao longo debate travado na sociedade e no legislativo federal; (ii) iniciar tratativas para criação/adaptação dos planos de carreira, conforme determina o art. 6º da Lei 11.738/08. Isso porque é essencial mantermos o piso atrelado à valorização da carreira; (iii) engajamento total nas mobilizações de âmbito local (a exemplo das frentes parlamentares em defesa do piso) e nacional, a fim de conquistarmos vitórias tanto no julgamento final do STF quanto nas atuais negociações com os gestores públicos.

    ResponderExcluir
  26. 88 – Identifique na folha de pagamento de sua escola os componentes remuneratórios dos seus servidores, de acordo com os direitos constitucionais. Verifique se alguém está privado de algum valor devido.

    Desvio de cargo, favores políticos.clientelismo, fisiologismo.

    91 – Você tem conhecimento de situações onde ocorrem ou ocorreram o clientelismo e / ou fisiologismo? Discuta com seus colegas possíveis alternativas para dar fim a essas práticas nefastas no gerenciamento do Estado.

    Sim. Desvio de cargo em troca de favores políticos. Para dar fim a essas práticas negastas no gerenciamento do Estado, alguém precisa denunciar, como as pessoas tem medo das conseqüências, não a fazem no Ministério Público.

    96 – Pesquise – Em seu Estado e em seu Município, tem havido contratos temporários ou terceirizados para as tarefas não docentes das escolas? Qual a posição do Sindicato? Qual a sua posição? Você conhece as posturas dos partidos políticos?

    No município vário. Nenhuma providencia foi tomada. Indignação. Todos fazem as coisas em prol a si mesmos, interesses políticos.

    Pág.102

    Por sua importância, reproduzimos na íntegra o Parecer n.16 e a Resolução n. 5 da
    Câmara de Educação Básica doConselho Nacional de Educação. Discuta seu conteúdo com os colegas e registre as conclusões no memorial.

    Sua valorização será garantida pela instituição do piso salarial nacional para os profissionais da educação, prevista na Emenda à Constituição que institui o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação ( FUNDEB ), em seu artigo 20.


    111 – Reflita e Responda – Geralmente, quando ocorre um aumento das mensalidades das escolas privadas, as famílias com menor renda têm como saída demandar vagas no sistema público de ensino. Você acha que o retorno das classes médias para escola pública pode melhorar o nível de participação da comunidade escolar no processo de ensino – aprendizagem, incrementando a mobilização por uma educação de qualidade? Por quê? Em sua opinião, seria viável e justo elevar os recursos para áreas essenciais como saúde e educação por meio maior de taxação fiscal das grandes fortunas nacionais, com mecanismos tributários para melhorar a distribuição de renda?


    Estamos sempre disponíveis para novas oportunidades, isso irá depender da forma que,
    essas pessoas iriam se posicionar com a nova modalidade de ensino. Todos tem direitos iguais. Sim se tiver mais fiscalização. E menos sonegação de impostos. A arrecadação é maior e os benefícios melhor.

    ResponderExcluir
  27. RELATÓRIOS DOS ENCONTROS
    20/03/09
    Relatório do primeiro encontro Aula Inaugural
    Neste dia mais do que nunca eu me encontrava muito curiosa em saber como ocorreria naquele lugar estava curiosa em voltar novamente a este lugar, pois, quando criança tinha morado em Diamantino levantei-me de madrugada e partimos as 04h00min horas da manhã no percurso da viajem todos estavam atentos, pois não conhecíamos o caminho, apenas o motorista.
    Ao chegar ao destino muitas pessoas diferentes após alguns minutos iniciou-se aquela aula, ali se encontrava alguns professores para falar sobre o curso e dar boas vindas aos cursistas. Foi uma aula sensacional conhecemos os colegas a tutora explicou como seria esse curso, ouvimos e assistimos mensagens de otimismo, houve dinâmicas.
    Este foi um dia especial para mim pela conquista deste curso o primeiro a distância sei que pelo meio do caminho poderá vir os obstáculos, mas mesmo assim farei o possível para obter um bom aproveitamento.
    Nesta aula foram entregue os materiais didáticos e também ouve a apresentação do módulo um e foram feitos os cadastros. Este curso foi uma benção que Deus preparou para mim e vou agarrá-la com toda garra, pois sei que aumentarão meus conhecimentos e poderei aperfeiçoar o meu trabalho que faço com muito carinho, até no final sei que estarei mais solta para poder me expressar.

    24/04/09
    Em primeiro lugar assistimos uma mensagem, em seguida foi discutido os assuntos do módulo 1 e logo após cada grupo se apresentou relatando sobre o que havia entendido sobre o assunto.
    No período da tarde teve uma dinâmica com um representante de cada cidade, mostrando assim que não conseguimos fazer tudo sozinho, porém, dependemos dos nossos colegas em quase tudo que fizemos.
    Logo após, foi discutido sobre a apresentação do módulo 2, o qual será explanado e apresentado pelos cursistas e tutora no próximo encontro.Em seguida recebemos as atividades para responder e a auto-avaliação dando assim por encerrado este encontro, foi mais uma experiência em minha jornada.

    ResponderExcluir
  28. 29/05/09
    A Tutota Luiza Fátima deu bom dia a todos e a todas. Pediu como estávamos indo com nossas atividades, fez alguns comentários, principalmente tirando duvidas.
    Mais um momento especial juntamente reunidos para continuarmos com nossos estudos.Foi entregue o calendário com as datas dos demais encontros e um exemplo de memorial, depois assistimos uma mensagem fantástica sobre Educar – com Rubem Alves.
    Depois foi dividido em grupo de seis pessoas, o meu grupo ficou com os itens do capítulo 5 e 6. Fizemos um resumo, e antes das apresentações a tutora Luíza comentou sobre a introdução do mesmo em seguida cada grupo fez a sua apresentação dando por encerrado esta primeira parte.
    No período da tarde começamos com uma música para descontrair e depois fizemos as atividades e a auto-avaliação.
    Em seguida a tutora relatou os assuntos do módulo 3 para o próximo encontro, finalizando mais uma aula presencial.

    03/07/09
    Deu-se abertura às 9:15 horas e min. Com a canção Coração de Estudante com todos os alunos cantando junto. Após houve a interpretação de texto, em seguida assistimos uma mensagem sobre os treze Passos para o Bem.
    Em seguida a tutora debateu a introdução, como tinha poucos alunos, fizemos um círculo e juntos refletimos as unidades cada um expondo suas idéias, terminamos essa primeira parte.
    No período da tarde assistimos mais uma bela mensagem sobre os Buracos esta nos fez pensar que cada problemas que achamos ser apenas um buraco é aí que está as grandes surpresas da vida basta somente conquistarmos o nosso espaço. Resolvemos as atividades e a auto-avaliação, depois a tutora explanou a introdução do módulo 4 para a seguinte aula.

    ResponderExcluir
  29. 05/09/09
    O encontro do curso começou as 8:20hrs com saudações da tutora, avisos, assistimos uma mensagem Se doer assobie.
    Começou os trabalhos das apresentações em grupos. Slides Pós modernidade lógica cultural do capitalismo tardio.
    O capitalismo tardio se caracteriza pela expanção das grandes multinacionais. É mais uma crise de produção esferas de vida (política, social e cultural). Relativismo- François – modernidade baseada seus valores na construção narrativa. Era de aceleração, a máquina perde seus valores para a comunicação. Seres humanos obedientes com gastos e valores padronizados. Manifestações coletivas que reúne heranças do passado, modos de ser no presente e aspirações futuras. A cultura é o agradecimento que defende as sociedades locais, regionais ou nacionais contra as ameaças de deformação ou de dissolução.
    Deformar cultura é a melhor forma de se enraizar novos gostos, necessidades e hábitos da população. A cultura está desaparecendo (cultura de massa) Regressão social, a cultura popular tem importância fundamental na identidade de um povo. A globalização é responsável pelas deformações culturais. Apenas uma dimenssão da realidade: trabalhar e consumir. Após a tutora fazer o comentário sobre os slides. Foi passado outra mensagem acreditar e agir.
    No período da tarde começamos com a dinâmica perguntas e respostas. E o grupo de Arenápolis com a dinâmica do ursinho.
    Processo de desenvolvimento humano: infância, adolescência, fase adulta e velhice.
    Relações e práticas pedagógicas educativas na escola. Relações interpessoais na perspectiva da construção coletiva na educação. Desenvolvimento afetivo e cognitivo.
    Departamento de Educação e Trabalho
    Foram tiradas duvidas para quem não consegue entrar na plataforma do Eproinfo. Atividades sobre o tema e auto-avalição e apresentação do módulo 5.

    26/09/09
    Deu-se abertura com um bom dia e bem vindo da tutora, dando assim os avisos em seguida assistimos uma mensagem E Se Doer Assobie.Depois houve a apresentação pelos grupos
    Logo após assistimos, ? Pós Modernidade?
    Slides “ Lógica Cultural do Capitalismo Tardio ‘’
    O capitalismo tardio se caracteriza pela expansão das grandes multinacionais é mais uma crise de produção esferas de vida (política, social e cultural.)
    Relativismo modernidade baseada seus valores na construção narrativa.
    Era de aceleração, a máquina perde seus valores para a comunicação, a cultura é o grande cimento que defende as sociedades locais,regionais ou nacionais contra as ameaças de deformação ou de dissolução.
    A globalização é responsável pelas deformações culturais. Após a tutora ressaltou sobre o tema e passou outra mensagem Acreditar e Agir.
    No período da tarde começamos com a dinâmica da música perguntas e respostas, o grupo de Arenápolis também fizeram uma dinâmica do coelhinho, em seguida a tutora fez a apresentação do módulo 6 para o próximo encontro foi comentado sobre a plataforma do eproinfo , logo após fizemos as atividades e auto-avaliação dando assim por encerrado.

    ResponderExcluir
  30. 23/10/09
    Chegamos atrasada pois passamos na escola do campo para levar uma professora para o curso pró-infantil. A tutora estava fazendo uma reflexão sobre o módulo. Gestão na educação escolar. Deu-se abertura com um bom dia e bem vindo da tutora, dando assim os avisos em seguida houve a apresentação pelos grupos o modulo foi dividido em grupos, cada cidade apresentou um. Na seguinte seqüência:
    Nova Mutum apresentou em slides, a unidade 1- A administração ou gestão da escola: concepções e escolas teóricas, foi bem apresentado o tema.Estavam presente quatro alunas.
    Alto Paraguai – Estavam presentes onze alunos e apresentaram a unidade 2 – A Reforma do Estado brasileiro: a gestão da educação e da escola, falaram como entenderam o tema foi uma apresentação normal.
    Nova Marilândia – apresentou a unidade 3 _ Gestão democrática da escola pública: concepções e implicações legais e operacionais, fizeram a apresentação 11 alunos.
    Nova Maringá – apresentou a unidade 4 – Democratização da gestão escolar: mecanismos de participação e autonomia da unidade escolar. Elas tinham preparada uma boa apresentação salvo o pen drive na hora não abriu então falaram sobre o tema.
    Santa Rita do Trivelato - ficou com a Unidade 5 – Gestão democrática e os trabalhadores em educação. Fizeram apresentação do tema abordado.
    Nortelândia: também apresentou a Unidade 5 mais de uma forma diferente o organograma do município. Estavam presentes neste dia 13 alunos. Falaram muito das dificuldades de acesso as informações, por parte das pessoas responsáveis. Nesta cidade tem três Escolas Municipais, e três Escolas Estaduais. Nas escolas municipais não tem diretor, só coordenadores, a secretária de educação exerce as duas funções.
    Após as apresentações encerrou o período da manhã.
    À tarde começou tentando mais uma vez resolver os problemas de plataforma, após assistimos a mensagem O Saber e o Saber que retrata a ação dos professores e alunos, mais uma mensagem dos sete focos globalizando os funcionários.
    Depois a tutora apresentou o módulo 8, realizamos as atividades e auto-avaliação.

    28/11/09
    Deu-se abertura como de outras vezes com um bom dia da tutora como primeira atividade preenchemos a ficha de matrícula depois assistimos uma mensagem com o tema sucesso, reconhecimento , fama e glória, logo após iniciou as apresentações do módulo 8, a tutora fez um relato sobre – coerência textual –um tema lingüístico bem adequado a um raciocínio baseado em harmonia e solidariedade entre as partes envolvidas num texto. A coerência é uma qualidade que se constrói e interpreta um texto. Depois dos grupos se apresentarem, assistimos um vídeo sobre gráficos da língua portuguesa, assistimos também aquarela do Brasil encerrando esta primeira parte.
    Retornamos a tarde agora com o professor Osvaldo, trabalhando o módulo 7-informática básica começamos com uma reflexão sobre a tecnologia Nunca Desistir esta mensagem nos mostrou como as mudanças aconteciam lentamente, diferente de hoje elas ocorrem com muita rapidez e é quase impossível conseguirmos acompanhar,os próximos cinco anos mudarão mais rápido ainda.
    Também falou sobre o perfil do profissional- ousado, planejamento, comunicador, reflexível, criativo e ter visão de custos. Assistimos um pequeno filme sobre a conquista do vôo, esta aula foi bem apreciada, apesar de houver alguns contra tempos por parte de alguns alunos, mas pra mim foi sensacional o professor se expressou muito bem em sua fala e foi de bom aproveito, assim ele encerrou a sua parte.
    Após a tutora apresentou o módulo 9 para o próximo encontro, como já estava tarde ela entregou aos aos alunos as atividades e auto avaliação para entregarmos dia 19 no encerramento desta primeira parte que foi simplesmente maravilhoso.

    ResponderExcluir
  31. 19/12/09
    Iniciou-se com um bom dia pela prof. Maria Claudia parabenizando os cursistas pelo encerramento desta primeira parte, depois a tutora deu bom dia a todos e todas iniciou falandoda segunda parte que será por área específica, mostrando os livros e falando dos mesmos.
    Passou uma mensagem com o título Mensagem Diferente, depois entrou na plataforma da eproinfo para esclarecer as dúvidas sobre as atividades a ser postadas.Assistimos o porta curta dos problemas sociais Ilha das Flores.
    Depois iniciou as apresentações pelos cursistas.
    No período da tarde terminou as apresentações, depois fizemos a auto-avaliação ouvindo uma canção de Natal e também cantamos então é Natal, logo após teve um sorteio de uma linda sexta de natal oferecido pela tutora e depois teve a revelaão de amigo secreto dando por encerrado.

    ResponderExcluir
  32. Diferente do que muita gente pensa escrever não é uma das tarefas mais fáceis do mundo. Exige pratica, comprometimento, atenção e dedicação. Para escrever um artigo, um post, um tutorial ou mesmo um trabalho escolar basta seguir algumas técnicas básicas e possuir o minimo conhecimento.

    ResponderExcluir
  33. O Memorial é um processo que se desenvolve ao longo de cada módulo e só termina com o curso por ser uma construção contínua. E é simples de fazer, se for encarado com tranqüilidade: faça-o como quem escreve uma carta, falando do curso que está fazendo.

    ResponderExcluir
  34. REDAÇÃO OFICIAL
    É todo ato normativo e toda comunicação do Poder Público. Deve caracterizar-se pela impessoalidade, uso do padrão culto de linguagem, clareza, concisão, formalidade e uniformidade. Outros procedimentos rotineiros também fazem parte da redação de comunicações oficiais, como as formas de tratamento e de cortesia, certos clichês de redação, a estrutura dos expedientes etc.
    Impessoalidade
    A redação oficial deve ser isenta da interferência da individualidade. O tratamento impessoal que deve ser dado aos assuntos que constam das comunicações oficiais decorre:
    a) da ausência de impressões individuais de quem comunica;
    b) da impessoalidade de quem recebe a comunicação; e
    c) do caráter impessoal do próprio assunto tratado.

    ResponderExcluir
  35. O memorando é um aviso por escrito de caráter interno e administrativo, uma vez que estabelece a comunicação entre as unidades, departamentos ou setores de uma mesma empresa, instituição, órgão. Pode apresentar algumas finalidades: complementar uma correspondência anteriormente enviada, expor projetos e ideias, apresentar novas diretrizes, dentre outras. É uma carta de tramitação rápida, simples e eficaz, sem se prender a burocracias iminentes. O despacho pode ser realizado na própria folha do memorando de modo resumido, o que permite agilidade e transparência no andamento das decisões tomadas. Quanto à estrutura, o memorando deve ter identificação por número, local e data, assunto, vocativo, texto objetivo e claro, despedida e destinatário com a menção do cargo que o mesmo ocupa. A linguagem é formal.
    Um ofício-circular é tão-só uma carta de uma entidade pública com um mesmo texto dirigido a vários destinatários. Pode ser ou não um esclarecimento sobre um texto legal - não é o conteúdo que lhe determina a denominação, mas sim o fato de a informação que contém «circular», não se deter num só destinatário. Qualquer chefia ou responsável pode emitir (assinar) ofícios e ofícios-circulares, desde que para tanto lhe sejam delegadas competências pelo superior hierárquico.
    O correio eletrônico é normalmente o mais importante meio de comunicação entre os usuários. Uma mensagem eletrônica é armazenada em um arquivo, formatada de maneira especial e programas de correio específicos são utilizados para ler e enviar mensagens.
    O que é uma ATA?
    É um documento que registra resumidamente e com clareza as ocorrências, deliberações, resoluções e decisões de reuniões ou assembléias.
    Deve ser redigida de maneira que não seja possível qualquer modificação posterior.
    Para que isso deve ser escrita:

    - sem parágrafos ou alíneas (ocupando todo o espaço da página);

    - sem abreviaturas de palavras ou expressões;

    - números por extenso;

    - sem emendas ou rasuras;

    - sem uso de corretivo (tipo erro-ex);

    - com emprego do verbo no tempo pretérito perfeito do indicativo (Exemplo: verbo falar: falou, falaram; verbo discutir: discutiu, discutiram; verbo comentar: comentou, comentaram).

    - com verbo de elocução para registrar as diferentes opiniões. Quem redige a Ata não põe os participantes da reunião a falar diretamente, mas faz-se intérprete delas, transmitindo ao leitor o que elas (as pessoas) disseram. (Exemplo: Em vez de "Inicialmente, eu Manuel de Araújo, presidente do Centro, determino a sra. vice-presidente, que apresente o calendário que fizemos para que os presentes o conheçam." Deve ser redigida assim: "Inicialmente o sr. Manuel de Araújo solicitou à vice-presidente, sra. Maria de Souza, que apresentasse o calendário elaborado para que os presentes tivessem seu conhecimento.)"

    Se o relator (secretário) cometer um erro, deve empregar a partícula retificativa digo, como neste exemplo: "Aos dez dias do mês de dezembro, digo, de janeiro, de dois mil e quatro...".

    Quando se constatar erro ou omissão depois de lavrada a ata, usa-se em tempo. Exemplo: "Em tempo: Onde se lê senhor janeiro, leia-se fevereiro".

    ResponderExcluir
  36. No módulo de número 8 aprendemos como fazer um memorial, um relatório, redação oficial, atas, etc.Foi através dele que aprendi como fazer o meu memorial.
    Este módulo fala também do grande filósofo, Paulo Freire, como foi sua vida, onde ele nasceu, onde estudou e trabalhou, conta toda sua carreira até a sua morte.

    Mensagem:

    “Educação não transforma o mundo, educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo.”

    Paulo Freire.

    ResponderExcluir
  37. MODULO 08
    O Memorial se constitui em um exercício de interrogação de nossas experiências passadas para fazer aflorar não só recordações/lembranças, mas também informações que confiram novos sentidos ao nosso presente.
    Memorial também tem a função de promover e praticar a auto-avaliação. Nesse caso, você pode registrar nele:

    como está o seu desempenho;
    que fatos demonstram mudanças na sua prática pedagógica;
    como você está aproveitando as atividades de aprendizagem e de avaliação;
    quais as suas maiores dificuldades no curso;
    o que você está fazendo para superar suas dificuldades;
    que transformações ocorreram nas suas relações com seus alunos

    ResponderExcluir
  38. É todo ato normativo e toda comunicação do Poder Público. Deve caracterizar-se pela impessoalidade, uso do padrão culto de linguagem, clareza, concisão, formalidade e uniformidade. Outros procedimentos rotineiros também fazem parte da redação de comunicações oficiais, como as formas de tratamento e de cortesia, certos clichês de redação, a estrutura dos expedientes etc.
    Impessoalidade
    A redação oficial deve ser isenta da interferência da individualidade. O tratamento impessoal que deve ser dado aos assuntos que constam das comunicações oficiais decorre:
    a) da ausência de impressões individuais de quem comunica;
    b) da impessoalidade de quem recebe a comunicação; e
    c) do caráter impessoal do próprio assunto tratado

    ResponderExcluir
  39. O memorando é um aviso por escrito de caráter interno e administrativo, uma vez que estabelece a comunicação entre as unidades, departamentos ou setores de uma mesma empresa, instituição, órgão. Pode apresentar algumas finalidades: complementar uma correspondência anteriormente enviada, expor projetos e ideias, apresentar novas diretrizes, dentre outras. É uma carta de tramitação rápida, simples e eficaz, sem se prender a burocracias iminentes. O despacho pode ser realizado na própria folha do memorando de modo resumido, o que permite agilidade e transparência no andamento das decisões tomadas. Quanto à estrutura, o memorando deve ter identificação por número, local e data, assunto, vocativo, texto objetivo e claro, despedida e destinatário com a menção do cargo que o mesmo ocupa. A linguagem é formal.
    Um ofício-circular é tão-só uma carta de uma entidade pública com um mesmo texto dirigido a vários destinatários. Pode ser ou não um esclarecimento sobre um texto legal - não é o conteúdo que lhe determina a denominação, mas sim o fato de a informação que contém «circular», não se deter num só destinatário. Qualquer chefia ou responsável pode emitir (assinar) ofícios e ofícios-circulares, desde que para tanto lhe sejam delegadas competências pelo superior hierárquico.
    O correio eletrônico é normalmente o mais importante meio de comunicação entre os usuários. Uma mensagem eletrônica é armazenada em um arquivo, formatada de maneira especial e programas de correio específicos são utilizados para ler e enviar mensagens.
    O que é uma ATA?
    É um documento que registra resumidamente e com clareza as ocorrências, deliberações, resoluções e decisões de reuniões ou assembléias.
    Deve ser redigida de maneira que não seja possível qualquer modificação posterior.
    Para que isso deve ser escrita:

    - sem parágrafos ou alíneas (ocupando todo o espaço da página);

    - sem abreviaturas de palavras ou expressões;

    - números por extenso;

    - sem emendas ou rasuras;

    - sem uso de corretivo (tipo erro-ex);

    - com emprego do verbo no tempo pretérito perfeito do indicativo (Exemplo: verbo falar: falou, falaram; verbo discutir: discutiu, discutiram; verbo comentar: comentou, comentaram).

    ResponderExcluir
  40. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  41. REDAÇÃO OFICIAL:

    De acordo com o Manual de Redação da Presidência da República, Redação Oficial é a maneira pela qual o poder público redige atos normativos e comunicações. Desse modo, a finalidade principal da Redação Oficial é comunicar com impessoalidade e clareza para que a mensagem ali transmitida seja compreendida por todos os cidadãos. Em resumo, a Redação Oficial deve ser: clara, concisa, impessoal, formal e padronizada.
    È necessário evitar marcas de impressões pessoais.
    Ser preciso. Redigir um texto capaz de transmitir um máximo de informações com um mínimo de palavras.
    Usar corretamente os pronomes de tratamento.
    Os fechos dos textos oficiais devem saudar o destinatário, além de fechar o texto. O documento deve levar assinatura e identificação do signatário. Há dois fechos diferentes para todas as modalidades do texto oficial:
     Respeitosamente, (para autoridades superiores, inclusive o Presidente da República);
     Atenciosamente (para autoridades de mesma hierarquia ou de hierarquia inferior).

    ResponderExcluir
  42. MEMORIAL:

    O Memorial é o resultado de uma narrativa da própria experiência retomada a partir dos fatos significativos que nos vêm à lembrança. Fazer um Memorial consiste, então, em um exercício sistemático de escrever a própria história, rever a própria trajetória de vida e aprofundar a reflexão sobre ela. Esse é um exercício de auto-conhecimento.
    Desse modo, uma primeira observação importante a ser feita refere-se à relevância de se estabelecer a diferença entre a técnica de escrita de um Memorial e uma narrativa histórica

    ResponderExcluir
  43. O memorando é um aviso por escrito de caráter interno e administrativo, uma vez que estabelece a comunicação entre as unidades, departamentos ou setores de uma mesma empresa, instituição, órgão.

    Pode apresentar algumas finalidades: complementar uma correspondência anteriormente enviada, expor projetos e ideias, apresentar novas diretrizes, dentre outras.

    É uma carta de tramitação rápida, simples e eficaz, sem se prender a burocracias iminentes. O despacho pode ser realizado na própria folha do memorando de modo resumido, o que permite agilidade e transparência no andamento das decisões tomadas.
    MEMORANDO:

    Quanto à estrutura, o memorando deve ter identificação por número, local e data, assunto, vocativo, texto objetivo e claro, despedida e destinatário com a menção do cargo que o mesmo ocupa. A linguagem é formal.

    ResponderExcluir
  44. CIRCULARES:

    Quando a empresa ou a repartição pública precisam de passar uma informação a vários destinatários, elas usam a circular. Seu texto é informal e direto, dispensa-se as formalidades. É reproduzida na quantidade necessária, por meio de mimeógrafo, xérox, telefax ou outro meio.

    Veja como alguns estudiosos definem a circular:

    Dileta Martins e Lúcia Zilberknop, no livro Português Instrumental, definem a circular como "meio de correspondência pelo qual alguém se diri-ge, ao mesmo tempo, a várias repartições ou pessoas. É, portanto, correspondência multidirecional...", esclarecem ainda que "na circular não consta destinatário, pois ela não é unidirecional. O endereça-mento vai no envelope. Por outro lado, se um memorando, um ofício ou uma carta forem dirigidos multidirecionalmente, serão chamados de memorando-circular, ofício-circular e carta-circular".

    Odacir Beltrão, no livro "Correspondência, Linguagem e Comunicação", informa que "circular é toda comunicação reproduzida em vias, cópias, ou exemplares de igual teor e expedidas, como documento, é mensagem endereçada simultaneamente a diversos destinatários, para transmitir avisos, ordens ou instruções

    ResponderExcluir
  45. CORREIO ELETRONICO:

    O correio eletrônico surgiu com o objetivo de facilitar a comunicação e a troca de idéias entre as pessoas que estavam construindo e experimentando a Internet. Os documentos e mensagens eram distribuídos via correio tradicional, mas esta forma era, sem dúvida, mais demorada. Depois que o e-mail ou correio eletrônico começou a ser utilizado, a velocidade da comunicação aumentou sensivelmente.
    O correio eletrônico é um tipo de correio disponível pela Internet.
    Esta caixa postal eletrônica é equivalente à caixa postal tradicional: você escreve uma "carta" e a envia a alguém. Conhecendo o endereço eletrônico da sua caixa postal, qualquer pessoa poderá enviar uma mensagem (e-mail) para você.
    Todas as mensagens enviadas para você ficam armazenadas nos servidores de e-mail do seu provedor até a hora em que você acesse a Internet (você precisa estar conectado à Internet para receber seus e-mails) e dê o comando para recebê-las em seu computador.

    ResponderExcluir
  46. ATAS:
    A Ata é um registro resumido, fiel e claro das ocorrência de uma reunião. É o documento que prova a realização da reunião e do que nela foi discutido e decidido. É dever de um secretário fazê-la da melhor maneira possível, agindo como se fosse um "Reporter da reunião", anotando tudo o que acontece. Depois, utilizando-se das anotações, redigir a ata.
    O registro das atas deve ser feito em um livro próprio, o Livro Ata.

    Este livro deverá ter o termo de abertura. A indicação de abertura é feita na primeira página, pelo secretário ou presidente, que deverá também numerar as folhas.

    Uma ata completa compõe-se das seguintes partes:
    _Abertura, Aprovação da ata anterior, Desenvolvimento e Fecho.


    RELATÓRIOS:

    “É a esposição escrita na qual se descrevem fatos verificados mediante pesquisas ou se historia a execução de serviços ou de experiências. É geralmente acompanhado de documentos demonstrativos, tais como tabelas, gráficos, estatísticas e outros.” (UFPR, 1996)

    Existem diversos tipo de relatórios como por exemplo: técnico-científicos, de viagem, de estágio, de visita, administrativos, e outros para fins especiais definidos pela empresa para relatar alguma atividade especial.
    Depois de ter feito uma experiência ou pesquisa, você vai querer convencer outras pessoas dos seus conclusões. O seu êxito depende de uma boa comunicação e além de talento de escrever é necessário seguir certos formatos padronizados para facilitar a compreensão do leitor.
    Um bom relatório depende de uma boa tomada de dados. Procure organizar-se de maneira a anotar durante a prática todas as informações relevantes de uma forma inteligível posteriormente. Use um caderno apropriado para essas anotações, ao invés de usar folhas avulsas. No relatório você vai descrever, nas suas palavras, a experiência efetuada, justificar o procedimento escolhido, apresentar os dados medidos e finalmente os resultados e conclusões. Para organizar o relatório, pode dividir ele em várias partes. Por exemplo:
    Introdução
    Resumo teórico para situar a experiência. Exposição dos conceitos teóricos que vai usar. Referencias a literatura pertinente (Livros texto, livros de referencia, internet, etc.)
    Objetivos
    Descrição sucinta do que se pretende obter da experiência.
    Equipamento
    Descrição do equipamento e/ou diagrama do arranjo experimental.
    Procedimento Experimental
    Descrição do procedimento seguido em aula. Isto é, descrever o que você fez, não necessariamente o procedimento proposto, justificando e discutindo a escolha. Avaliação ou estimativa dos erros nos dados devido aos aparelhos e procedimentos usados.
    Dados Experimentais e Análise
    Apresentação dos dados coletados, através de tabelas, gráficos etc. Tratamento dos dados brutos (usando algum modelo teórico), chegando a valores finais, junto com a avaliação final do erro. Não é necessário e nem deve ser indicada cada conta efetuada. Mas, deve ficar claro como chegou ao resultado.
    Conclusões
    Discussão dos resultados obtidos. Sempre que possível, comparar os resultados com os conhecidos ou esperados teoricamente. Se usou vários métodos, comparar os métodos.

    ResponderExcluir
  47. GRAFICOS E TABELAS:

    Para criação de qualquer gráfico, você precisa ter uma origem de dados. Por isso, primeiro você deve criar uma tabela com as informações. Será a partir desta tabela que os dados serão incluídos no gráfico.
    As tabelas servem para encontrar valores exactos, e para tarefas baseadas nesse pressuposto.
    Os gráficos servem para compreender relações de dados num contexto de variabilidade
    Na análise de informação temos várias ferramentas. Temos tabelas, temos gráficos, temos a estatística. Nenhuma é, à partida, “mais informativa”. É a partir da correcta escolha e adequada manipulação de cada uma que podemos compreender o mundo a partir dos dados com que trabalhamos.

    ResponderExcluir
  48. 1 -Memorial
    Memorial é um acervo de objetos ou documentos descritivos relativos a uma pessoa, documento, cidade, época etc. Um memorial descritivo por exemplo, é um relato por escrito, pormenorizado de um fato documentado ou um local por exemplo, afim de que o mesmo seja identificado pela sua leitura.

    2 -Redação Oficial: Carta pessoal, Ofício de Solicitação e Requerimento
    A redação oficial é caracterizada pela impessoalidade, uso do padrão culto de linguagem, clareza, concisão, formalidade e uniformidade.
    Esses mesmos princípios aplicam-se às comunicações oficiais: elas devem sempre permitir uma única interpretação e ser estritamente impessoais e uniformes, o que exige o uso de certo nível de linguagem.

    3 –Memorandos
    O memorando pode ser interno ou externo. O primeiro é uma correspondência interna e
    sucinta entre duas seções de um mesmo órgão. O segundo pode ser oficial e comercial. O
    oficial assemelha-se ao oftcio; e o comercial, à carta comercial. O papel usado para qualquer
    tipo de memorando é o de meio-ofício.
    Sua característica principal é a agilidade (tramitação rápida e simplicidade de
    procedimentos burocráticos). Isso implica fazer os despachos no próprio documento ou, se
    necessário, em folha de continuação


    4 –Circulares
    Circular é o meio de correspondência pelo qual alguém se dirige, ao mesmo tempo, a
    várias repartições ou pessoas. E, portanto, correspondência multidírecional
    Na circular, não consta destinatário, pois ela não é unidirecional e o endereçamento vai
    no envelope

    5 -Correio Eletrônico
    Utilizado para enviar e receber mensagens via internet. Este meio é muito utilizado hoje em dia, visto que possui uma excelente agilidade e eficiência na troca de informações de distantes localidades em tempo real.

    6 -Correspondência Oficial:Atas e Relatórios
    Ata é o resumo escrito dos fatos e decisões de uma assembléia, sessão ou reunião para
    um determinado fim.
    NORMAS
    Geralmente, as atas são transcritas a mão pelo secretário, em livro próprio, que deve
    conter um termo de abertura e um termo de encerramento, assinados pela autoridade máxima
    da entidade ou por quem receber daquela autoridade delegação de poderes para tanto; esta
    também deverá numerar e rubricar todas as folhas do livro.
    Como a ata é um documento de valor jurídico, deve ser lavrada de tal forma, que nada
    lhe poderá ser acrescentado ou modificado. Se houver engano, o secretário escreverá a
    expressão “digo”, retificando o pensamento. Se o engano for notado no final da ata, escrever-
    se-á a expressão — “Em tempo: Onde se lê..., leia-se...”.
    Nas atas, os números devem ser escritos por extenso, evitando-se também as
    abreviações. As atas são redigidas sem se deixarem espaços ou parágrafos. a fim de se
    evitarem acréscimos.
    O tempo verbal preferencialmente utilizado na ata é o pretérito perfeito do indicativo.
    Quanto à assinatura, deverão fazê-lo todas as pessoas presentes ou, quando deliberado,
    apenas o presidente e o secretário.
    Permite-se também a transcrição da ata em folhas digitadas, desde que as mesmas sejam
    convenientemente arquivadas, impossibilitando fraude.
    Em casos muito especiais, usam-se formulários já impressos, como os das seções
    eleitorais

    7 -Gráficos e Tabelas
    Utilizados para especificar um índice, ou aplicar a relatórios orçamentários. Este dois instrumentos servem para complementar um dado obtido, afim de melhor estabelecer as relações existentes.

    ResponderExcluir
  49. Oi Meninas!
    -Creunice;
    -Mirian;
    -Sueli;
    -Maria Nortelândia;
    -Maria Endringer;
    -Celina Arenápolis
    - Lelajhoy ( qual é o seu nome?)
    Desenvolveram bem as atividades do Módulo 8. O importante é vocês compreenderem e saberem quando usá-lass dentro da nossa língua portuguesa. saber diferenciar a linguagem formal, informal e oficial.
    Abraços
    Prof. Luíza

    8 de março de 2010 12:38





    Postagem mais recente Postagem mais antiga Início
    Assinar: Postar comentários (Atom)

    ResponderExcluir
  50. alguem que fez o curso por inteiro tem como me passar TUDO o que é pra fazer
    desde o começo ao fim . Obrigadoo é pra minha tia

    ResponderExcluir